Ontem falei sobre os vinhos tintos encorpados para o inverno. Hoje o post é para quem prefere vinhos tintos de médio corpo, mais macios ou mais leves.

 

Tintos de Médio Corpo

tintos de medio corpo vinhobasico

O vinhos tintos de corpo médio geralmente são mais fáceis de beber e se você é fã desse tipo de vinho, vou dar algumas sugestões:

 

Cabernet Franc

Aposte nos nacionais. Várias vinícolas da serra gaúcha têm opções de Cabernet Franc. É uma boa alternativa para quem não é muito fã da Cabernet Sauvignon.

Saiba mais sobre a Cabernet Franc aqui

 

Carménère

Essa é bastante conhecida por causa dos vinhos chilenos. O Chile é referência em carménère no mundo, mas a China tem se destacado bastante em suas produções.

Saiba mais sobre a Carménère aqui

 

Grenache

A uva Grenache (ou Garnacha) é uma opção de médio corpo, mas que pode ter um teor alcoólico um pouco mais elevado. Recomendo o Garnacha espanhol por ter preços mais acessíveis que os franceses.

Saiba mais sobre a Grenache aqui

 

Merlot

Se você gosta de um vinho macio, mas que não seja sem graça, a Merlot é uma boa opção. É uma das uvas tintas que melhor se adaptou no Brasil e tem ótimos preços. Quem quiser investir em um Merlot top, aposte em um francês da região de Bordeaux.

Saiba mais sobre a Merlot aqui

 

Outras opções de uvas e vinhos

Negroamaro, Zinfandel (Primitivo), Sangiovese, Chianti, Tempranillo Crianza.

 

Alguns vinhos, mesmo sendo elaborados com uvas com potencial para vinhos encorpados, podem ser de médio corpo, isso acontece porque a uva é apenas um dos fatores importantes para a elaboração do vinho. O clima, método de produção, corte com outras uvas, podem influenciar no resultado final do vinho. Portanto, é possível encontrar um vinho de médio corpo com a uva Malbec ou Cabernet Sauvignon, por exemplo.

 

Harmonização

 

Os vinhos de médio corpo harmonizam bem com a maioria dos pratos e também pratos menos elaborados:

  • Massas com molhos de queijo, molho branco, champignon
  • Carnes: Aves, Suinos, Filet Mignon bovino
  • Tortas, esfihas, empanadas
  • Pizzas: queijos, legumes, defumados leves (presunto cozido, lombo, peito de perú)
  • Calzones
  • Panquecas
  • Hambúrgueres
  • Tábua de queijos e frios

A harmonização NÃO é uma regra, é apenas uma orientação.

 

Amanhã o post é para quem não abre mão de um bom espumante ou vinho branco nem no inverno!