Vinho, Gastronomia e Viagens

Vinícola Salton

Visitar a serra gaúcha significa beber vinhos e… visitar vinícolas!! Quem me acompanha no Instagram viu que aproveitei minha visita à serra para conhecer a vinícola da Salton.

Fachada Salton_

História da Salton

A história da Salton se inicia em 1878 quando Antonio Domenico Salton saiu da Itália e veio para o Brasil com sua família para se instalar na colônia italiana Vila Isabel, hoje conhecida como Bento Gonçalves. Para sustentar a família, Antonio mantinha uma “Casa di Pasto”, antiga casa de refeições que também abrigava viajantes. Em 1893 a casa já fazia parte do comércio de Bento Gonçalves e os parreirais plantados no terreno dos fundos da casa forneciam as uvas para produzir os vinhos que eram servidos.

Após a morte de Antônio, Paulo Salton (o filho mais velho) assumiu a Casa di Pasto e legalizou o estabelecimento em 1910, passando a se chamar “Armazém de Paulo Salton”. Essa é a data considerada como a fundação da Vinícola Salton.

 

Tour pela Vinícola

Existem três roteiros de visitação: o Standard (30min), o Tradicional (1 hora) e o Evolução (2 horas).

Participei do roteiro Tradicional e, dois dias depois, voltei para fazer o roteiro Evolução para conhecer a “Sala Secreta”.

 

Vinhedo

O tour pela vinícola começa pela área externa, nos vinhedos. Há uma área de 0,25 ha de Cabernet Sauvignon que são utilizadas para estudos.

vinhedosalton

Vinho e Arte

A vinícola é repleta de arte e história. Na Galeria dos 100 anos são apresentadas algumas obras de arte que retratam a história da vinícola, mas há também outras obras com analogias aos funcionários, aos setores da empresa e ao ciclo do vinho.

VinhoeArteSalton

Produção

A área de produção foi construída de modo a integrar o processo da elaboração do vinho com o turismo na vinícola. O tour é feito por passarelas e é possível ver todo o processo de cima, começando pelo recebimento, passando pelas auto-claves até o engarrafamento. Em seguida fomos para a Cave das Bordalesas, barricas que alguns vinhos passam antes de ser engarrafado.

Producao Salton

Cave das Bordaloesa

Cave da Evolução

Nos roteiros tradicional e evolução passamos pela Cave da Evolução, que é um tour a parte. Não vou colocar fotos, pois é mais bonito ao vivo. São apresentados alguns vinhos que fizeram história, mais arte e… leve um casaquinho que ali dentro faz frio.

Cave da Evolução Salton

Jardim e Relógio Solar

A área externa possui um belo jardim e na fachada tem um relógio solar que, além das horas, marca também o aniversário da Salton.

JardimRelogioSolarSalton

Degustações

As degustações são feitas no final do tour e variam de acordo com o roteiro escolhido (sujeito a variações):

 

Standard: são apresentados os vinhos Salton Classic, Lunae, Intenso e Moscatel/Brut.

 

Tradicional: as degustações são feitas na sala reservada e são apresentados os vinhos Lunae, Salton Intenso ou Salton Paradoxo, Salton Talento ou Salton Desejo, Salton Prosecco ou Salton Malvasia e Salton Reserva Ouro ou Salton Évidence

 

Evolução: Esta degustação é feita na Sala Secreta e são apresentados alguns dos melhores vinhos: Salton Virtude, Salton Gerações, Salton Talento ou Salton Desejo, Salton Évidence e Produto Exclusivo.

 

Loja

O tour termina na loja. Parte do valor pago no roteiro é revertido em descontos na loja, de acordo com o roteiro. Dá pra fazer a festa nas compras, só não pode esquecer que o limite de bagagem para vôos domésticos como bagagem de mão é de uma caixa (com 6 garrafas) por pessoa.

Loja e Sala Reservada Salton

Informações Gerais

Valores dos roteiros

Standard: R$ 10,00 (R$ 5,00 de desconto na loja)

Tradicional: R$ 15,00 (R$ 10,00 de desconto na loja)

Evolução: R$ 50,00 (não oferece desconto na loja)

 

Localização

A Vinícola Salton está situada no Vale do Rio das Antas – Distrito de Tuiuty – município de Bento Gonçalves/RS.

Outras informações, você pode encontrar no site da vinícola (clique aqui).

 

Para quem gosta de vinhos e quer conhecer e provar bons vinhos brasileiros, recomendo os roteiros Tradicional e Evolução, pois são bem completos e os vinhos apresentados valem o ingresso. Para participar do roteiro Evolução é necessário agendamento com no mínimo 48 horas de antecedência e está sujeito a disponibilidade do sommelier.

Os vinhos também podem ser encontrados na Loja Virtual da vinícola. 

O vinho além da garrafa

É muito comum usarmos a expressão “abrir uma garrafa de vinho”, mas acredito (na verdade, espero) que a boa e velha garrafa irá abrir um pouco mais do seu espaço para embalagens mais práticas e modernas.

A garrafa de vinho tem seus méritos, não vou negar e nem entrar em detalhes, mas não seria prático se pudéssemos comprar o vinho em uma latinha (como a cerveja ou refrigerante), ou uma caixa (como os sucos), ou mini garrafas de vidro ou…PET (pq não?)? 

O que estou dizendo não é nenhuma novidade no mundo, mas não é comum no Brasil. Tenho reparado bastante nessas embalagens #foradopadrão e vou mostrar alguns vinhos que me chamaram mais a atenção.

 

Lata de Alumínio

A latinha é prática e eu ainda não entendo porque não tem no Brasil. Será que é pela ausência de “glamour”?

Na Expovinis 2015 não encontrei muitas opções, só vi a Ciao, de vinhos Italianos. Infelizmente não tinha para provar, mas gostei do que vi. As latinhas da marca são coloridas (lembra bastante refrigerante) e são vinhos frisantes. Já é um começo, mas queria mesmo ver vinhos finos.

Vinho em Lata
Imagem: http://www.ciaowines.eu/

PS: Quando estava terminando de escrever este post, vi no Instagram (já me segue?) do Blog Vida e Vinho um frisante em lata nacional, o Glamm.

vinho em lata Glamm_vinhobasico

 

Garrafa 187ml

Garrafa pequena é sempre uma opção interessante. Boa para ter na geladeira (isso, geladeira!): prática e não desperdiça (quem nunca deixou um resto de vinho na garrafa – e jogou fora – que atire a primeira rolha).

Esse tipo de embalagem com 187ml eu já encontrei para vender no Brasil, mas não para vinhos nacionais. É uma opção que me agrada bastante, ainda mais porque a tampa é de rosca (scraw-cap). Mais prático impossível!

 

Na Expovinis 2015 provei o vinho português Cedro (branco) e gostei. Simples de tomar, sem muitas cerimônias.

vinho garrafa 187ml_vinhobasico

 

Bag in Box

Esta embalagem é composta de um saco (bag) dentro de uma caixa (box) com uma torneirinha que fica fora da caixa e quando o vinho sai não entra ar, evitando que o vinho oxide e fazendo durar mais tempo. Possui capacidade de 3 e 5 litros. Bom para ter na geladeira e tomar quando der vontade.

 

Sempre que viajo para a Serra Gaúcha volto com alguns exemplares na mala. Costumo comprar da Miolo e gosto bastante.

 

Bag in Box_vinhobasico

 

Embalagens praticas que facilitam a vida é um incentivo ao consumo (desde que não seja tão cara). A cerveja é um bom exemplo, fazia embalagens de 600ml e hoje as latinhas e long necks reinam soberanas.

 

E vocês, preferem a boa e velha garrafa ou dariam (dão) uma chance às embalagens “alternativas”?

 

Star Wars Day: Acessórios para vinhos

Hoje, 4 de Maio, é o  Star Wars Day (#starwarsday) e eu separei alguns acessórios de vinho com o tema de Star Wars para quem é fã de vinho (e de Star Wars).

 

Star Wars Day_VinhoBasico
Os créditos das imagens estão nos links abaixo

 

1. Kit com 4 peças na Amazon

2. Marcadores de Taças na Amazon

3. Conjunto Wine Stopper Metálico na Etsy

4. Marcadores de Taças Star Wars link

5. Taças Personalizadas Pinterest

6. Stormtrooper Wine Stopper  Etsy

 

Pena que não encontrei nada similar para vender aqui no Brasil, mas vale a inspiração! (Se alguém achar, coloca aqui nos comentários)

E vocês, gostam de acessórios divertidos ou preferem os mais tradicionais??

May the Force be with you.