Vinho, Gastronomia e Viagens

[Estilo de Vinho] Chardonnay Amadeirado

Já falei no post da Chardonnay sobre a versatilidade dessa uva. Um dos pontos que mais chama a atenção é o fato de ser uma das poucas uvas brancas que possuem estrutura para guarda e amadurecimento em barricas de carvalho. Para estagiar em barricas, o vinho precisa ter potencial de envelhecimento. Alguns vinhos têm potencial de guarda de mais de 8 anos.

winery-2110737_1920

Cada produtor elabora o vinho de acordo com seus critérios, no entanto, o vinho possui um estilo característico.

 

Análise Sensorial

Visual

Por causa do estágio na barrica, a coloração vai do palha (menos tempo) ao amarelo dourado (mais tempo).

chardonnay amadeirado cor vinhobasico

Olfativo

Além dos aromas da chardonnay (abacaxi, maçã, carambola), é possível perceber aromas provenientes do estágio nas barricas (baunilha, côco, chocolate branco). Alguns vinhos podem passar por fermentação malolática durante o processo, conferindo aromas amanteigados, doce de leite, iogurte.

chardonnay amadeirado aroma vinhobasico

Gustativo

O chardonnay amadeirado é um vinho com mais corpo, em relação ao chardonnay sem madeira. Além disso, tem boa acidez, deixando o vinho vivo e fresco.

chardonnay amadeirado boca vinhobasico

Regiões

É possível encontrar esse estilo de vinho em várias partes do mundo. Os mais famosos, são os Brancos da Borgonha (França), mas também podem ser encontrados na Argentina, Chile, Califórnia, Sul da Austrália e Brasil (estes com preço mais acessíveis).

 

Harmonização com Chardonnay Amadeirado

 

Peixes e Frutos do Mar

Esse é um vinho branco que acaba com o mito “vinho branco com peixes”. Por ser um vinho com corpo, que “enche a boca”, os peixes/ frutos do mar leves não são os mais adequados, como tilápia, peixes crus (sushi, sashimi), ostras. Sugiro peixes mais gordos, como salmão, atum e anchova grelhados, assados, cozidos (qualquer jeito que não seja cru). Frutos do mar: lagosta na manteiga, camarões.

 

Carnes

Carne bovina: sugiro o filé mignon com manteiga de ervas.

Frango: Mais suculentos, como coxa e sobrecoxa.

Suína: Pernil, lombinho, picanha suína

 

Massas, Risotos, Quiches

Molhos cremosos e amanteigados a base de queijos, cream cheese, molho bechamel, manteiga com ervas. Se quiser um molho de tomate, sugiro tomates cerejas frescos ou confitados.

 

Entrada

Esse é um vinho que pode ir muito bem com um prato principal, mas se você quiser servi-lo na entrada, não fique só nas folhas e legumes frescos. Aposte em uma entrada mais “encorpada”, com molhos cremosos, maioneses, terrines, cogumelos na manteiga (shimeji, shitake, paris). E não se esqueça: na hora de servir o vinho do prato principal (depois de um chardonnay amadeirado na entrada), aposte em rótulos bem encorpados, para não deixar o vinho principal parecer “sem graça” perto do vinho da entrada.

 

PS: Essas dicas de harmonizações são as minhas sugestões, mas você pode ficar a vontade com a harmonização que mais te agrada #bebaoquetefazfeliz.

 

O que vocês acham desse estilo de vinho? A madeira combina com vinho branco ou deveria ser usada só para vinhos tintos??

 

Na tag chardonnay amadeirado, você encontra as resenhas dos vinhos que já bebi e algumas sugestões de rótulos nacionais.

 

Primavera: Aromas florais no vinho

Primavera é a estação das flores e para fugir do óbvio “vinhos que combinam com a primavera”, resolvi fazer um post com alguns aromas florais encontrados nos vinhos.

Os aromas florais no vinho são bem delicados e muitas vezes passam despercebidos pela falta de familiaridade com o aroma. É mais fácil identificar o aroma das rosas, camomila e flor de laranjeira, mas e de violeta, peônia e gardênia?

Por isso que para ter uma boa percepção olfativa, é necessário muito treino. Vá a feiras e floriculturas e sinta o cheiro das frutas e das flores. Tenho certeza que muito em breve você já estará com encontrando muitos aromas nos vinhos.

Se você já conhece bem algum desses aromas florais, tente encontra-los nos vinhos.

 

Jasmim

jasmim aromas florais vinhobasico

  • Moscato Giallo

  • Sauvignon Blanc (link)

  • Chenin Blanc (link)

  • Torrontés

Rosa

rosas aromas florais vinhobasico

  • Moscato Giallo

  • Gewürztraminer

  • Torrontés

  • Valpolicella

  • Nebbiolo

Rosas Secas

rosas secas aromas florais vinhobasico

  • Tempranillo

  • Vin Santo

Flor de Laranjeira

flor de laranjeira aromas florais vinhobasico

  • Moscatel

  • Pinot Grigio

  • Vin Santo

Madressilva

madressilva aromas florais vinhobasico

  • Prosecco

  • Pinot Grigio

  • Sauternes

 

Camomila

camomila aromas florais vinhobasico

  • Chenin Blanc

 

 

Gerânio

geranio aromas florais vinhobasico

  • Torrontés

 

Peônia

peonia aromas florais vinhobasico

  • Rosés da Provence

  • Gamay/ Beaujolais

 

Violeta

violeta aromas florais vinhobasico

  • Gamay/ Beaujolais

  • Pinot Noir

  • Merlot

  • Cabernet Sauvignon

  • Petit Verdot

  • Pinotage

  • Touriga Nacional

 

Hibisco

hibisco aromas florais vinhobasico

  • Gamay/ Beaujolais

  • Pinot Noir

  • Grenache

  • Zinfandel/ Primitivo

  • Nebbiolo

 

Lilás

lilas aromas florais vinhobasico

  • Petit Verdot

  • Touriga Nacional

 

Íris

iris aromas florais vinhobasico

  • Gamay/ Beaujolais

  • Pinot Noir

  • Malbec

  • Petit Verdot

 

Lavanda

lavanda aromas florais vinhobasico

  • Barbera

  • Grenache

  • Mourvèdre

  • Petit Verdot

  • Syrah

 

Flores Secas

flores secas aromas florais vinhobasico

  • Sangiovese

  • Valpolicella

 

Magnólia

magnolia aromas florais vinhobasico

  • Sauternes

 

Gardênia

gardenia aromas florais vinhobasico

  • Prosecco

 

Eu costumo identificar facilmente o aroma de flor de laranjeira no espumante moscatel, e vocês? Quais aromas florais vocês identificam facilmente nos vinhos? Me conta aqui nos comentários!!

10 Rosés de Malbec pra você se supreender

Quem me conhece sabe que adoro vinhos rosés, mas os rosés de Malbec são os meus preferidos.

Os rosés de Malbec são frescos, alguns são mais leves e outros mais potentes. Pra mim, é a porta de entrada para os rosés, porque depois que experimenta não quer mais sair.

 

Ah! E nada de achar que rosés são vinhos sem graça, “para mulher” (tem gente desinformada que ainda diz isso!!), para quem não sabe beber. Xô preconceito!

 

Fiz uma lista com 10 rosés varietais (só com malbec). A maioria são argentinos, local de maior produção da uva, mas separei um chileno e dois (ótimos) vinhos brasileiros também. (Já mostrei alguns deles no meu instagram @vinhobasico)

 

10 Roses de Malbec post vinhobasico

 

#1 Finca La Linda

Foi o primeiro rosé de Malbec que experimentei e depois disso não consegui mais viver sem rosés. La Linda é um rótulo da vinícola Luigi Bosca, que é sinônimo de qualidade.

 

#2 Susana Balbo Crios

Já falei dele aqui nesse post. Muita qualidade engarrafada.

 

#3 Punto Final

Esse rosé é quase um tinto, me surpreendi com a cor. 

 

#4 Salentein Portillo

Muito fresco e aromático. Bebi ele em um almoço, na ocasião comi camaõres.

 

#5 Alamos

A Alamos produz ótimos Malbecs, tanto tintos como rosés.

 

#6 Viu Manent

Esse rótulo é chileno e bem famoso, fácil de encontrar em supermercados. Quem souber de outros rosés de malbec chilenos, me conta aqui nos comentários.

 

#7 La Flor

Rótulo de muita qualidade. O Rosé ainda não provei, mas o tinto é ótimo.

 

#8 Emilia Nieto Senetiner

Se quiser um rótulo argentino com bom custo benefício, aposte nesse.

 

#9 Sinais Don Guerino

Sim! Temos Rosé de Malbec brasileiro. Esse rótulo tem um vinho um pouco mais leve que os argentinos e com coloração em rosa pálido, mas com muita qualidade. Ótimo para dias quentes. De todos os rosés de Malbec que mostrei, este tem o melhor preço. Achei por R$32,00 na Boccati.

 

#10 Espumante Rosé de Malbec Brut Don Guerino

Sim! Também temos Espumante E Malbec E Nacional. A Don Guerino sempre surpreende com os vinhos diferentes da maioria dos vinhos nacionais.

 

O que esperar de um Rosé de Malbec?

Em geral, os rosés de malbec possuem uma coloração de um rosa mais forte, um pink.

Os aromas tendem à frutas vermelhas FRESCAS (nem maduras, muito menos em compotas), como morango, framboesa e cereja. Sabe aquele cheiro de morango que acabou de ser cortado? É provável que você sinta esse cheiro quando colocar um rosé de malbec na taça.

Na boca são frescos, delicados, com acidez presente, mas sem incomodar.

 

Dicas de Harmonizações

Pra quem fica na dúvida do tipo de comida para acompanhar os rosés:

  • Culinária Japonesa a base de peixes crus: Sushi, sashimi…
  • Peixes de carne escura: Salmão, Atum, Anchova.
  • Pratos a base de Camarão, de preferência os mais “pesados”: Camarão na Moranga, risoto de camarão, estrogonofe de camarão, etc. Se o camarão for servido no azeite e ervas, um prato bem leve, o vinho branco seria mais adequado.
  • Prefere carnes? Sugiro pratos a base de carnes magras (estrogonofe, picadinho) ou carnes magras grelhadas (na manteiga, no azeite).

 

Lembrando que minhas dicas não são regras. Fique a vontade para descobrir o que te faz feliz! E me conte aqui nos comentários o que você gosta com os rosés.