Recentemente fiz um post sobre Malbec brasileiro, você viu? Fiquei impressionada com a quantidade de vinícolas que resolveram investir na produção de Malbec no Brasil. Nessas minhas pesquisas por vinícolas nacionais descobri que muitas estão investindo na Carménère também, uva bastante conhecida pelos vinhos chilenos. E se você gosta de carménère, tem um post sobre essa uva aqui.

 

#1 Aurora Pequenas Partilhas Carménère 2009

aurora pequenas partilhas vinhobasico

Já falei desse vinho no blog, nesse link aqui. Foi um teste da Aurora que deu certo, mas não sei porque eles não continuaram, foi apenas esse lote. Era uma quantidade limitada de garrafas numeradas e eu consegui comprar 2 caixas. O vinho era ótimo.

 

#2 Carménère Fabian Reserva

reserva-fabian-carmenere-vinhobasico

Acho que até pouco tempo atrás era o único Carménère nacional no mercado. Conheci a vinícola Fabian em Flores da Cunha-RS no ano passado e fiquei impressionada com o nível de exigência do enólogo. Eles cultivam várias variedades de uvas e escolhem as que melhor se adaptaram para produzir seus vinhos. O carménère ainda não provei, mas posso recomendar de olhos fechados, porque provei outros 5 rótulos e era um melhor que o outro.

 

#3 Carménère Collina D’oro – Vaccaro

vinho-tinto-vaccaro-carmenere

Descobri a vinícola Vaccaro em um dos meus passeios pela internet. É uma vinícola de Garibaldi-RS e produz vinhos com vinhedos próprios. Além do Carménère, a linha Collina D’oro também tem os vinhos varietais Malbec e Sangiovese. Quero conhecer logo essa vinícola e seus vinhos!!

 

#4 Vinícola Helios

carmenere-helios-vinhobasico

Quase caí para trás quando vi essa foto no Instagram da vinícola Helios. Creio que chegue logo ao mercado e, claro, já estou curiosa para conhecer. A Helios é uma vinícola nova, de 2014, mas que já possui vários prêmios e medalhas com seus vinhos. São poucos rótulos, mas com muita qualidade.

 

#5 Microlotes Weber

Vocês vão cansar de me ouvir falar da Weber, tanto aqui como no Instagram @vinhobasico. Em breve teremos mais uma vinícola produtora de carménère no mercado, mas no caso da Weber, o vinho será um corte com outra uva. Ficamos no aguardo do vinho (e da foto)!

 

Fico feliz de ver tanta variedade de uvas dando certo no Brasil e ver um carménère brasileiro dá até um orgulho no coração! Se cuida Chile!!

E vocês? Gostam de Carménère? Conhecem outras opções de vinhos brasileiros com essa uva? Me conta aqui nos comentários!!