Vinho, Gastronomia e Viagens

Domaine Bousquet Rosé 2016

Domaine Bousquet Rosé 2016

vinhobasico Domaine Bousquet Rose 2016

O vinho Domaine Bousquet Rosé é feito de uvas orgânicas, a maioria da região de Tupungato, no Vale do Uco a 1200m de altitude, um dos pontos mais altos de Mendoza, na Argentina.

Sobre a vinícola, de acordo com o site:

Em 1990, a Família Bousquet chegou a Mendoza para procurar vinhas e adegas. Ao descobrir as características únicas da região (solo, altitude, terroir), a família estava convencida de ter encontrado a localização ideal para a sua vinícola. Em 1997, depois de comprar uma parcela de terra, eles se mudaram da França para o pé dos Andes. Os 110 hectares estão localizados no exclusivo vale Gualtallary em Tupungato, Mendoza, a uma altitude de 1200 metros acima do mar, tornando-se um dos vinhedos de maior altitude de Mendoza e do mundo.

Se quiser saber mais sobre a Domaine Bousquet e conhecer outros rótulo, acesse aqui o site da vinícola.

 

Informações do Vinho

Informações Domaine Bousquet Rose 2016

 

Análise Sensorial – Domaine Bousquet Rosé

análise sensorial Bousquet Domaine Rose 2016

 

O que eu achei do vinho

Eu amo vinhos rosés, amo rosé de malbec e adoro cabernet argentino. Quando recebi o vinho pensei: esse vinho tem tudo o que eu gosto em uma garrafa só. A cor é linda, um pouco diferente de um rosé de malbec (varietal). É um rosa claro com um tom de salmão bem leve. Geralmente os rosés (só) de Malbec ficam entre o rosa claro e o pink.

Sobre o vinho ser orgânico, não vi nenhuma diferença (sensorial). 

Não conhecia ainda um rosé de Malbec e Cabernet, e achei muito bom. Da próxima vez que eu vir algum rótulo com esse corte, não vou ter medo de comprar.

 

Dica de Harmonização

Escolhi esse vinho para acompanhar um Pappardelle com camarões no azeite. É um vinho bem gastronômico, deixou a comida mais gostosa. 

Esse vinho pode acompanhar bem frutos do mar, peixes, sushis e sashimis. Se preferir carnes, dê preferência a carnes magras, como o filé mignon.

 harmonizacao Domaine Bousquet Rose 2016

Se quiser mais dicas de harmonização para o rosé de malbec, fiz um post aqui.

 

Quanto?

R$54,90

 

Onde?

Recebi da Blend Vinhos, uma loja online que entrega para todo o Brasil.

 

Em breve sai a resenha do vinho tinto Malbec, da Domaine Bousquet.

 

Este produto foi enviado pela assessoria da Blend Vinhos, no entanto a avaliação é 100% pessoal.

 

[Estilo de Vinho] Chardonnay Amadeirado

Já falei no post da Chardonnay sobre a versatilidade dessa uva. Um dos pontos que mais chama a atenção é o fato de ser uma das poucas uvas brancas que possuem estrutura para guarda e amadurecimento em barricas de carvalho. Para estagiar em barricas, o vinho precisa ter potencial de envelhecimento. Alguns vinhos têm potencial de guarda de mais de 8 anos.

winery-2110737_1920

Cada produtor elabora o vinho de acordo com seus critérios, no entanto, o vinho possui um estilo característico.

 

Análise Sensorial

Visual

Por causa do estágio na barrica, a coloração vai do palha (menos tempo) ao amarelo dourado (mais tempo).

chardonnay amadeirado cor vinhobasico

Olfativo

Além dos aromas da chardonnay (abacaxi, maçã, carambola), é possível perceber aromas provenientes do estágio nas barricas (baunilha, côco, chocolate branco). Alguns vinhos podem passar por fermentação malolática durante o processo, conferindo aromas amanteigados, doce de leite, iogurte.

chardonnay amadeirado aroma vinhobasico

Gustativo

O chardonnay amadeirado é um vinho com mais corpo, em relação ao chardonnay sem madeira. Além disso, tem boa acidez, deixando o vinho vivo e fresco.

chardonnay amadeirado boca vinhobasico

Regiões

É possível encontrar esse estilo de vinho em várias partes do mundo. Os mais famosos, são os Brancos da Borgonha (França), mas também podem ser encontrados na Argentina, Chile, Califórnia, Sul da Austrália e Brasil (estes com preço mais acessíveis).

 

Harmonização com Chardonnay Amadeirado

 

Peixes e Frutos do Mar

Esse é um vinho branco que acaba com o mito “vinho branco com peixes”. Por ser um vinho com corpo, que “enche a boca”, os peixes/ frutos do mar leves não são os mais adequados, como tilápia, peixes crus (sushi, sashimi), ostras. Sugiro peixes mais gordos, como salmão, atum e anchova grelhados, assados, cozidos (qualquer jeito que não seja cru). Frutos do mar: lagosta na manteiga, camarões.

 

Carnes

Carne bovina: sugiro o filé mignon com manteiga de ervas.

Frango: Mais suculentos, como coxa e sobrecoxa.

Suína: Pernil, lombinho, picanha suína

 

Massas, Risotos, Quiches

Molhos cremosos e amanteigados a base de queijos, cream cheese, molho bechamel, manteiga com ervas. Se quiser um molho de tomate, sugiro tomates cerejas frescos ou confitados.

 

Entrada

Esse é um vinho que pode ir muito bem com um prato principal, mas se você quiser servi-lo na entrada, não fique só nas folhas e legumes frescos. Aposte em uma entrada mais “encorpada”, com molhos cremosos, maioneses, terrines, cogumelos na manteiga (shimeji, shitake, paris). E não se esqueça: na hora de servir o vinho do prato principal (depois de um chardonnay amadeirado na entrada), aposte em rótulos bem encorpados, para não deixar o vinho principal parecer “sem graça” perto do vinho da entrada.

 

PS: Essas dicas de harmonizações são as minhas sugestões, mas você pode ficar a vontade com a harmonização que mais te agrada #bebaoquetefazfeliz.

 

O que vocês acham desse estilo de vinho? A madeira combina com vinho branco ou deveria ser usada só para vinhos tintos??

 

Na tag chardonnay amadeirado, você encontra as resenhas dos vinhos que já bebi e algumas sugestões de rótulos nacionais.

 

Finca Los Nobles Chardonnay

Finca Los Nobles Chardonnay 2012

Finca Los Nobles Chardonnay é um vinho branco produzido pela renomada vinícola Luigi Bosca.

los nobles chardonnay 1 vinhobasicolos nobles chardonnay 2 vinhobasico

Informações do Vinho

Nome

Finca Los Nobles

Uva

Chardonnay 

Vinícola

Luigi Bosca

 Tipo

Branco Fino Seco 

País

Argentina

Teor alc.

14,3%

Região

 Luján de Cuyo, Mendoza

Fechamento

Rolha de Cortiça

Ano

2012

 Madeira

50% em barricas de carvalho francês de 1° uso por 8 meses.

 

Análise Sensorial

análise sensorial Finca Los Nobles Chardonnay

O que eu achei do vinho

O Finca Los Nobles Chardonnay foi o rótulo que me abriu a mente para os vinhos brancos. Quando comecei a beber vinho, ficava sempre nos tintos, pois achava que vinho branco lembrava suco de uva, mas isso é pura falta de conhecimento.

O Los Nobles Chardonnay é um vinho com corpo, teor alcoólico alto, mas muito elegante e equilibrado. A madeira fica evidente pelos aromas de baunilha e pão assado. O aroma do pão assado me lembrou o pretzel do shopping (sabe?), com aquele cheiro de manteiga e açúcar. O aroma amanteigado é devido à fermentação malolática.

Com certeza está entre os melhores vinhos brancos que já tomei. Já adianto que o preço do vinho não anima muito, mas sou obrigada a dizer que vale cada centavo.

 

Dicas de Harmonização

Por ser um vinho bastante aromático, sugiro um prato aromático também. Além disso, é um vinho com mais “corpo” e pede uma comida mais encorpada.

Aproveite para acompanhar pratos com ervas, como sálvia e alecrim: Nhoque na manteiga com sálvia, por exemplo. Massas e risotos a base de creme de leite ou cream cheese também podem ficar muito bons. Se quiser uma carne, sugiro uma carne bovina magra, como um filé mignon com manteiga de ervas ou um frango mais suculento, como coxa ou sobrecoxa.

Mesmo sendo um vinho branco, evite peixes leves e culinária japonesa a base de peixes crus. O vinho é encorpado e aromático para esses pratos. Se quiser um peixe, sugiro um salmão, atum ou anchova, pois são mais pesados. 

 

Quanto?

Encontrei a safra 2015 por R$189,00, mas para quem quiser conhecer o estilo do vinho, há opções nacionais com preços mais acessíveis (vou fazer um post em breve com opções nacionais).

 

Onde?

Safra 2015: Decanter

 

Saiba mais sobre a uva Chardonnay

 

Este produto foi adquirido pela autora do post.